Qual é a história do parafuso?

Apesar da existência de várias versões, a mais antiga sobre a origem do parafuso remete ao inventor grego Arquitas de Tarento, em 400 a.C. Foi ele quem desenvolveu o objeto para prensas voltadas à extração de azeite de oliva e também para a produção de vinho.

No entanto, como o parafuso sempre teve mil e uma utilidades, diversas personalidades criaram utilizações diferenciadas. Podemos citar Arquimedes, em 250 a.C., com o desenvolvimento da rosca direcionada à construção civil.

Rústicos instrumentos cirúrgicos contaram ainda com o auxílio de parafusos e até mesmo a criação da impressora, por meio de Johann Gutenberg (o pai da imprensa), teve a participação dos parafusos.

No entanto, quem teve a audácia de criar uma máquina para produção do parafuso foi o matemático francês Jacques Besson, em 1568. A partir daí, o objeto não parou mais de ser utilizado em diferentes funções, como em armas de fogo.